Junior Campos Prado

01/10/2021

Empreendedorismo e inovação

Não importa se se trata de uma empresa ou mesmo apenas de alguém que não desempenha atividade profissional. Fato é que ter empreendedorismo e inovação serão diferenciais competitivos que levarão ao sucesso. Qualquer coisa que for feita, se tiver esses dois atributos,
será sinal claro de progresso.

É indicado, então, mostrar como empreendedorismo e inovação podem ser usados com eficiência. A ideia dessa postagem é mostrar que, conseguindo possuir ambos, a chance de dar certo será muito maior. O principal é seguir por aqui e, assim, ter condições de obter informações sobre esse tema importante.

Quais são os conceitos de empreendedorismo e inovação? Os conceitos de empreendedorismo e inovação sempre estiveram ligados ao ambiente profissional. Principalmente em relação à gerencia ou mesmo às organizações como um todo, porém não para somente nisso. A principal vantagem é que hoje até mesmo na vida pessoal esses pontos são usados.

Pois é, a evolução chegou, e o mais importante é conseguir usar essas informações de uma forma interessante. Imagine que, por meio de empreendedorismo e inovação, você terá condições para conseguir o que desejar. Veja a seguir um pouco sobre ambos os conceitos, de forma objetiva:

Empreendedorismo

Osvaldo Contador Junior comenta:

“Essa evolução tecnológica que está cada vez chegando de uma forma mais rápida, trazendo novos desafios. A empresa de 5 anos atrás não é mais a empresa de hoje e não vai ser a empresa de amanhã. Me preocupa por exemplo como vai ser a relação do funcionário e empregador”

O empreendedorismo pode ser definido como a resolução de problemas novos com soluções novas. É muito parecido com a inovação, porém trabalha com habilidades que são um pouco diferentes.

O objetivo do empreendedor é atuar diretamente no desenvolvimento das suas competências e habilidades.

A apresentação de habilidades e também da competência para criar, gerir e até mesmo abrir um determinado negócio. A ideia é gerar resultados positivos, e, para conseguir, é necessário usar o empreendedorismo. É por essa razão que empreender é uma arte e pode ser utilizada em qualquer ramo de atuação.

Inovação

A inovação pode ser definida como a ação de inovar, ou seja, de criar ou modificar novos costumes. Por exemplo: uma empresa usa papel e caneta para fazer o fluxo de caixa, alguém chega e apresenta uma planilha. A ideia por trás do ato de inovar é simplesmente dar um efeito de renovação em cima de tudo. Um erro comum que a maioria das pessoas faz é de achar que a inovação vai trabalhar apenas com coisas novas.

A realidade é que isso vai valer tanto em relação ao valor do bem, como também em relação ao conceito. Para
ser inovador é necessário primeiro ter a capacidade de conseguir estar com tudo organizado. Como aplicar o empreendedorismo e inovação? A aplicação do empreendedorismo e inovação pode ser feita de várias maneiras diferentes. De maneira geral, o seu uso é mais realizado em ambientes profissionais, pois o foco é no resultado. Só que todos sabem que a vida profissional é uma extensão de toda a realidade pela qual você tem passado.

Por esses motivos é necessário tentar entender que empreendedorismo e inovação podem ser aplicados em ambos os campos. Para facilitar um pouco mais as coisas, é essencial mostrar abaixo o que precisa ser considerado. Veja a seguir:

Vida Pessoal

O ato de inovar sempre estará ligado ao empreendedorismo, portanto, pode servir como uma continuação. Para usá-lo na vida pessoal é preciso deixar a criatividade falar mais alto, ou seja, ser mais criativo. Procure fazer caminhos diferentes, evite discussões e mostre ter o “espírito” inovador. O empreendedorismo será apenas reflexo dessa realidade da qual você está fazendo parte, ou seja, virá com o tempo.

O mais interessante de todo esse contexto é que depois de um tempo tudo será natural, porque você treinou. Algumas habilidades nascem com as pessoas e outras é possível desenvolver, fato é que sempre existirá um caminho.

Vida Profissional

Chega-se ao ponto fundamental em relação ao empreendedorismo e inovação, portanto, é talvez o local mais apropriado para sentir as diferenças. Durante toda a história, várias pessoas conseguiram crescer por meio desses dois atributos.

Por exemplo: até 1960, o fordismo dominava e o mundo produzia carros com uma única cor e fazia tudo por uma linha de produção. Foi justamente nesse meio que o Toyotismo cresceu, porque os empregados sabiam mais do que uma função, eram qualificados e a Toyota oferecia mais opções ao cliente. O exemplo mostrado já evidencia que foi graças ao empreendedorismo e inovação que a Toyota cresceu. Aquele formato antigo era bom, porém foi atualizado e passou a atender as necessidades atuais. A grande sacada desses atributos é serem aplicados na hora certa.

Como conseguir ter ambos? Para conseguir ter os atributos de empreendedorismo e inovação é necessário desenvolver algumas habilidades. É indicado então mostrar quais são, e nada melhor do que conferir a seguir, veja:

  • Estude mais sobre o tema;
  • Procure deixar a sua criatividade ser evidenciada;
  • Invista no seu capital intelectual.
    A realidade é que por meio do empreendedorismo e inovação tudo pode ficar melhor do que já está. A dica é sempre lembrar-se da seguinte frase:
    “O desafio é resolver problemas velhos com soluções novas”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *